Mota-Engil cresce 7% com entrada de investimento chinês  

O grupo chinês CCCC vê assim cada vez mais perto a sua entrada no  capital da construtora portuguesa. 
Obrigacionistas da Mota-Engil aprovam entrada dos chineses da CCCC

As acções da Mota-Engil avançam 3,32% para 1,492 euros, mas estiveram a disparar 7,6% para máximos intradiários (que ocorrem durante um mesmo dia) desde 30 de novembro. Este desempenho surge depois de a Mota-Engil ter dado conta  ao mercado da actualização do acordo com o grupo chinês CCCC para a entrada no seu capital

O grupo chinês CCCC vê assim cada vez mais perto a sua entrada no  capital da construtora portuguesa.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários  (CMVM), a construtora convocou os accionistas para se reunirem em  assembleia geral extraordinária no dia 19 de março.

O objectivo desta reunião magna é o de discutir e deliberar sobre a alteração  parcial do contracto da sociedade, dando assim mais um passo para a  entrada da CCCC no capital da construtora. Parte da posição que será  adquirida pelos chineses ocorrerá por via de um aumento de capital em que  as acções serão vendidas a 1,50 euros.

 

Partilhar artigo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Relacionados

Agenda

No event found!
Outros Artigos