O renascimento da China

Nova Rota da Seda é a grande estratégia económica e de cooperação internacional

O bom augúrio que o Ano do Rato traz, com a abundância e a versatilidade nos negócios, é também aquilo que a China precisa para enfrentar a animosidade dos EUA e as reticências da maioria dos países ocidentais face a projectos como a Nova Rota da Seda ou a Grande Baía.

Leia aqui este  o artigo de opinião, da autoria de Cátia Miriam Costa, do Centro de Estudos Internacionais (ISCTE-IUL)  publicado na edição de 24 de Janeiro no Jornal Económico.

Partilhar artigo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Relacionados

Agenda

No event found!
Outros Artigos