Ai Weiwei inaugura a sua primeira exposição em Portugal

Trata-se da maior exposição do artista chinês na Europa de Ai Weiwei.
Ai Weiwei inaugura a sua primeira exposição em Portugal

“Bem-vindos ao meu país, Portugal”. Foi desta forma que o artista chinês Ai Weiwei cumprimentou os jornalistas presentes na conferência de imprensa na abertura da sua exposição Rapture, que pode ser vista a partir de agora na Cordoaria Nacional, em Lisboa.

O artista chinês, mundialmente reconhecido como um dos mais influentes, apresenta em Portugal uma exposição de 4000m2 onde exibe algumas das suas obras mais icónicas, e quatro novas peças produzidas exclusivamente em Portugal.

Ai Weiwei inaugura a primeira exposição individual em Portugal, a maior do artista na Europa

Numa exposição que se divide entre o lado mais político do artista e o lado da fantasia, cabe também toda a sua produção em vídeo – exibida em diversos ecrãs que se espalham pelas duas longas alas da Cordoaria – incluindo o recente Coronation, sobre o início da pandemia do novo coronavírus na cidade chinesa de Wuhan, um filme que Weiwei fez à distância, sem entrar no território chinês mas usando equipas no terreno.

Durante a exposição, poderá assistir a uma série de documentários incluindo um de seus mais recentes filmes Coronation, um retrato da evolução da COVID-19 em Wuhan, berço da pandemia. O documentário mostra como foi o confinamento da primeira cidade no mundo a ser atingida pela pandemia.

Embora esteja em exposição em Lisboa, Weiwei já tem planos para levá-la para o Porto no próximo ano. Julho é o mês apontado.

Esta exposição estará patente até 28 de novembro na Cordoaria Nacional, em Lisboa, das 10h30 às 19h30.

Partilhar artigo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Relacionados

Agenda

No event found!
Outros Artigos